Outros textos:


- 01/03/2009 a 31/03/2009
- 01/02/2009 a 28/02/2009
- 01/01/2009 a 31/01/2009
- 01/12/2008 a 31/12/2008
- 01/11/2008 a 30/11/2008
- 01/10/2008 a 31/10/2008
- 01/09/2008 a 30/09/2008
- 01/08/2008 a 31/08/2008
- 01/07/2008 a 31/07/2008
- 01/06/2008 a 30/06/2008
- 01/05/2008 a 31/05/2008
- 01/04/2008 a 30/04/2008
- 01/03/2008 a 31/03/2008
- 01/02/2008 a 29/02/2008
- 01/01/2008 a 31/01/2008
- 01/12/2007 a 31/12/2007
- 01/11/2007 a 30/11/2007
- 01/10/2007 a 31/10/2007
- 01/09/2007 a 30/09/2007
- 01/08/2007 a 31/08/2007
- 01/07/2007 a 31/07/2007
- 01/06/2007 a 30/06/2007
- 01/05/2007 a 31/05/2007
- 01/04/2007 a 30/04/2007
- 01/03/2007 a 31/03/2007
- 01/02/2007 a 28/02/2007
- 01/01/2007 a 31/01/2007
- 01/12/2006 a 31/12/2006
- 01/11/2006 a 30/11/2006
- 01/10/2006 a 31/10/2006
- 01/09/2006 a 30/09/2006
- 01/08/2006 a 31/08/2006
- 01/07/2006 a 31/07/2006
- 01/06/2006 a 30/06/2006
- 01/05/2006 a 31/05/2006
- 01/04/2006 a 30/04/2006
- 01/03/2006 a 31/03/2006
- 01/02/2006 a 28/02/2006
- 01/01/2006 a 31/01/2006
- 01/12/2005 a 31/12/2005
- 01/11/2005 a 30/11/2005
- 01/10/2005 a 31/10/2005
- 01/09/2005 a 30/09/2005
- 01/08/2005 a 31/08/2005
- 01/07/2005 a 31/07/2005
- 01/06/2005 a 30/06/2005
- 01/05/2005 a 31/05/2005
- 01/04/2005 a 30/04/2005
- 01/03/2005 a 31/03/2005
- 01/02/2005 a 28/02/2005
- 01/01/2005 a 31/01/2005
- 01/12/2004 a 31/12/2004
- 01/11/2004 a 30/11/2004
- 01/10/2004 a 31/10/2004
- 01/09/2004 a 30/09/2004
- 01/08/2004 a 31/08/2004
- 01/07/2004 a 31/07/2004
- 01/06/2004 a 30/06/2004
- 01/05/2004 a 31/05/2004
- 01/04/2004 a 30/04/2004
- 01/03/2004 a 31/03/2004
- 01/02/2004 a 29/02/2004
- 01/01/2004 a 31/01/2004



Dicas do Ernesto:

- Garopaba
- O cachorro viajante
- The Girl
- Paparazzo
- Bella da Semana
- Yonkis.com
- Agonizar, o fotolog do Toro
- Zerzelim
- Ato Consciente
- Woxy, The Future of Rock n' Roll
- Ferris Bueller
- Sir William Wallace
- Flickr do Ixí
- You Tube Forassis
- The Matrix









Indique esse Blog


Contador:



Noivo Hasegawa

Ele era conhecido como Temível Hasegawa. Ele era um dos maiores gorozeiros de todos os tempos. Ele era um grande discípulo do mestre Fel. Ele era estagiário do G7 por causa de suas façanhas. E de repente ele desabou. Do nada, começou a namorar, parou de beber como antigamente, tomou juízo e virou um cara sério. Ele mudou. Para nós, os seus kamas, é uma grande perda. Mas por outro lado, sabemos que ele finalmente tomou o rumo de sua vida. E virou o Noivo Hasegawa.

Desejamos muitas felicidades para você e para a Tati nesta nova empreitada. E lembre-se: todo grande homem precisa de uma grande mulher. E todo grande homem também precisa tomar umas brejas com os kamas de vez em quando.

PARABÉNS, MAICOL E TATI.



- Escrito por Ernesto às 07h39
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Carnaval do Tango - Parte III

O navio balançava um pouco. Mas tudo bem, normaaaal. O importante era o glamour. Tinham diversas salas com mesas e poltronas, heliporto, área descoberta pras chicas tomarem sol, uma garagem gigante para os carros e até um free shopping !!! E foi lá que a galera resolveu comprar um Baileys pra adoçar ainda mais o translado. Uruguai estamos lá.

Passamos o dia em Colônia Del Sacramento, cidadezinha pitoresca colonial e pacata. Fizemos o tour básico, almoçamos, o Márcio cagou nas calças e ticou o Rio del Plata pra se lavar, subimos no farol, tomamos umas brejas Patrícia (em sua homenagem, Paty!) na pracinha e voltamos no fim da tarde pro navio. Dois países hermanos ticados no mesmo dia.

Chegada em Colônia no Uruguai.

Márcio se lavando no Rio del Plata.

As super modelos brasileñas.

Las chicas ... Margo, Suze, e Mily.

Artistas na pracinha central de Colônia.

O farol e suas construções antigas.

Assis em sua paz celestial.

Alan, Assis e Márcio mirando a paisagem.

Panorâmica do centro histórico de Colônia.

Batutas.

Foto oficial com a tripulação completa.

Catinho e suas Patrícias.

Calle de Los Suspiros, a rua mais pitoresca.

Mily comendo o merengue Ricardito.

No caminho de volta para o porto ...

Uruguai e Argentinha são países com muitos carros lata-velha ...

Caminhando felizes.

Assis assustando o muleke na volta pra Argentina.

Pôr do sol com Buenos Aires no horizonte.

Na terça feira, passeio pelo bairro de Pallermo.

Sentiremos saudades de todos os taxistas que nos levaram pra lá e pra cá.

Yves Saint Laurent, Christian Dior, Lacoste, Tommy Hilfiger ... os irmãos Barbieri já foram mais humildes.

Mily, Suze e o maninho a la Maradona.

Galera jogada no aeroporto por horas e horas.

Essa viagem foi mesmo inesquecível. Muitas aventuras, muitas risadas, muitos passeios glamourosos, muitas compras e alguns momentos de stress. E é assim que a vida deve ser. Uma grande viagem.



- Escrito por Ernesto às 08h40
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




A SAGA DO VÔO CANCELADO

Primeiro foi aquela correria. Num grupo de 8 pessoas, sempre rolam atrasos e embaços. Conseguimos chegar a tempo pra fazer o check-in normalmente pra voltar pro Brasil. Mas a Margo acabou perdendo o bilhete da imigração para dar saída na Argentina. Tensão. Sem aquilo ela não poderia sair do país, já que ela estava apenas com o RG, sem passaporte. Meia hora depois, conseguiu resolver o problema pagando algumas multas e fazendo um novo bilhete. Entramos atrasadíssimos no embarque. Sorte que o vôo já estava 50 minutos atrasado. Na imigração, foi a vez do Márcio. Ele também não tinha o bilhete de saída, mas como ele estava com passaporte, foi só prencher outro. Foda era a fila gigantesca para isso. Com o jeitinho brasileiro, ele cortou a fila. Fomos as 8 últimas pessoas a entrar no avião correndo. Seria um sinal de que estava tudo dando errado na nossa volta? Vocês verão.

Já acomodados em nossas poltronas, o comandante avisa que detectaram um probleminha e o vôo iria atrasar mais um pouco. Beleza. Ficamos conversando com a tripulação e tudo bem. Minutos depois, um novo aviso. Teríamos que voltar ao aeroporto e esperar na sala de embarque. Um vazamento na parte hidráulica do avião teria que ser consertado. E foi aí que o inferno começou. (Mas lembrem-se, o verdadeiro inferno só existe dentro de nossas cabeças). Por isso a galera deitou no chão, desencanaram do stress e colocaram o iPod pra dar umas risadas ao som do funk carioca. E a noite foi indo assim ... sem nenhuma informação da equipe da GOL, os seguranças do aeroporto estressados que estávamos todos largados no saguão, alguns noinhas tretando e gritando com os boludos da GOL (sim, uma empresa brasileira que só tinha funcionários argentinos totalmente despreparados para situações como aquela) e a galera ficando com fome, sede e nada de servirem qualquer lanchinho pra gente. Lá pelas 23hs, quando já não havia mais esperança de voltarmos ao Brasil naquele dia, resolveram servir um jantar no restaurante a kilômetros de distância no outro terminal. Bife com chorizo y papas fritas. Por essa não esperávamos. Matou a fome e nos calibrou para mais algumas flatulências de carniça bovina. A galera deu uma acalmada, apesar de alguns continuarem na rave do stress.

Voltamos novamente para a sala de embarque e a GOL nos enrolou por mais um bom tempo. De madrugada aparece uma funcionária pedindo uma lista de passageiros com crianças, idosos e pessoas em conexão. Jogaram essa galera em outros vôos. O resto eles mandaram ir pra loja da GOL no aeroporto para se distribuirem nos taxis e irem pra um hotel. Na hora de sair, aquela mesma burocracia de imigração e o caralho a quatro. Muito tempo depois, já às 3 da madruga, entramos num taxi e nos mandaram pra um hotel lá na puta que o pariu. Um hotelzinho fuleiro sem nenhuma estrela. Só pra tomar um banho e dormir por 3 horas. Às 7h30 iriam passar pra pegar a galera pra embarcarmos às 10hs pra Guarulhos. Pela manhã, ficamos sabendo que alguns se deram bem e foram para um hotel 5 estrelas. Nós, claro, nos demos mal. Culpa dos brasileiros, que lotaram Buenos Aires no feriadão.

Enfim chegamos para embarcar, enfrentamos mais fila pra emitirem novos tickets e adivinhem só: o vôo marcado para às 10hs só foi sair depois do meio dia. O comandante, o mesmo da noite anterior, pediu aquelas desculpas básicas e disse que todo o ocorrido foi na verdade uma grande sorte. Se tivéssemos decolado sem constatarem o vazamento, o avião iria cair. Esperamos até o dia seguinte pois só na madrugada a GOL enviou a peça necessária para o reparo. Mas a questão é: se já sabiam que o avião não ia decolar nem fudendo na noite anterior, por que não tomaram atitudes mais rápidas com os passageiros?

Gol. Linhas aéreas inteligentes.



- Escrito por Ernesto às 08h39
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Carnaval do Tango - Parte II

E a viagem dos boludos continua. Depois dos passeios pelo centro no sábado, a noitada do tango e o bairro La Boca no domingo de manhã, nosso guia Márcio nos levou à Puerto Madero, mais um pico estiloso de Buenos Aires. Mas não contávamos com um pequeno imprevisto ... um desencontro dos dois táxis. E o resto da tarde foi separado em duas panelinhas. A panelinha dos casais e a panelinha dos vida loka. Mas no final das contas, todos foram para o mesmo lugar, mesmo não se encontrando por lá. Recoleta na cabeça.

Puerto Madero e seus restaurantes.

Mily esperando a galera que se desencontrou.

Fazendo um time em Puerto Madero.

Almoçando no Friday's.

Clube do bodex no bairro Recoleta.

Boludo mandando ver na chaca chica.

Tendas de bugigangas na Recoleta.

Tomando o clássico sorvete de "dulce de leche" na Freddo.

Enfim chega a noite de Buenos Aires. Hora de voltar ao hotel e encontrar a galera.

Márcio soltando um barro no quarto 805.

Margo tomando na bundinha. Com a breja Isenbeck. (Sim, a Suze teve as moral de colar num restaurante e pedir limão e sal grosso pro garçom)

Margo fazendo o Assis de mulher.

Aviso à panelinha dos zé-copinhos.

Na segunda, passeio de navio (Buquebus) até o Uruguai.

Buenos Aires ficando para trás.

Calcinha da chica e galera na parte descoberta do navio.

Rapaziada batuta tomando Baileys e curtindo a viagem ...

E assim foi o resto do domingo e o começo da segunda feira. Em breve mais histórias pra vocês na terceira parte da trip.



- Escrito por Ernesto às 08h24
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Carnaval do Tango - Parte I

Pra quem não gosta de samba e carnaval, só fugindo do país.

E foi isso que a galera fez nesse carnaval. Márcio, Suze, Ishii, Mily, Cato, Margo, Assis e Alan descolaram umas boiadas nas passagens aéreas e se mandaram pra Buenos Aires. Quatro dias de turismo, calor, tango, hermanos e o pior de tudo ... brasileiros. Buenos Aires estava totalmente empesteada de nossos compatriotas fazendo compras aproveitanto o câmbio baixo dos pesos argentinos. Realmente tudo está bem mais barato por lá. Mas deu pra praticar um pouco de portunhol e conhecer as maravilhas da cidade mais glamourosa e mais européia da América do Sul. Vai, glamour !!! Adelante, boludos !!!

Chegada no aeroporto de Buenos Aires.

Plaza del Congreso, em frente ao Hotel Ibis onde a galera se hospedou.

Típico boludo sentado na praça.

Congreso.

Estación Saenz Peña do metrô. Passagem: 0,70 pesos.

Cato com cabeleira argentina.

Saindo do metrô na Plaza Mayo, onde fica a famosa Casa Rosada.

Baladinha numa casa de tango. A galera até usando camisa ... oh hell.

Bode depois do gigantesco bife de chorizo con papas.

Banda supimpa de tiozinhos no Taconeando.

Calle Caminito no bairro La Boca. Point turístico.

Grandes personalidades ...

Dançarinos de tango de rua.

El Dieguito Maradona cover ...

Pose para foto clássica.

Caminito.

Caminhada básica em meio aos artistas de rua.

As famosas casinhas coloridas.

Gardel, Evita e Maradona ... os ícones argentinos.

Morador.

Torcedores do Boca Juniors indo pro estádio pela ferrovia.

Lugarzinho estiloso.

Mily na cadeira da Quilmes, a breja oficial.

Margo esperando a galera num beco de La Boca.

Assis pegando de jeito a dançarina de tango. Se liguem no olhar caliente.

Show à luz do dia.

Exposição de fotos "cartão-postal".

Restaurante na calçada.

Chico Cato no porto de La Boca.

Assis, paga-pau do Tevez, em frente do estádio La Bombonera.

Aguardem. Em breve a segunda parte das fotos da viagem de los hermanos.



- Escrito por Ernesto às 10h59
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




The Rolling Stone Mag

Esta campanha da revista Rolling Stone foi criada pela DM9DDB com o objetivo de mostrar a variedade de assusntos tratados pela publicação. Belas imagens. Malditos publicitários.

"Rolling Stone. Where education and war coexist."
(Rolling Stone. Onde educação e guerra coexistem.)

"Rolling Stone. Where fashion and protest coexist."
(Rolling Stone. Onde moda e protesto coexistem.)

"Rolling Stone. Where music and sex coexist."
(Rolling Stone. Onde música e sexo coexistem)

"Rolling Stone. Where culinary and politics coexist."
(Rolling Stone. Onde culinária e política coexistem.)

"Rolling Stone. Where religion and cinema coexist."
(Rolling Stone. Onde religião e cinema coexistem.)

Bom, então nos vemos depois do Carnaval. Vou acompanhar uns malucos aí que vão pro carnaval do tango em Buenos Aires. Hasta.

Imagens retiradas do site Brainstorm#9.



- Escrito por Ernesto às 09h24
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




The Ishii Brothers - Los Angeles Episode

Os irmãos Ishii continuam a aventura. Depois de 1 dia e 1 noite em San Diego, voltamos a Los Angeles para turismo e trabalho. Resolvemos ficar em Santa Monica, lugar mais traquilo do que o caos de LA Downtown. Além disso, Santa Monica é praia. Apesar do frio, é praia. De um lado, Venice Beach. Do outro, Malibu. Logo atrás, Beverly Hills e North Hollywood.

E depois de uns rolês, enfim o trabalho. Fomos à ISS - Imprinted Sportswear Show, uma feira de maquinários, produtos e insumos para indústria têxtil. Onde? Long Beach, cidade ao sul de LA. Meia hora de carro de Santa Monica. Um local bastante moderno, limpo e estiloso ... um centro de convenções de frente ao porto e ao aquário. Super.

Hotel em Santa Monica.

Esse é aquele típico hotel que vemos nos filmes ...

As grandes palmeiras, marca registrada da California.

Mc Donald's por todos os cantos. Mas lá também se vê dezenas de Burger King, Taco Bell, Pizza Hut, Carl's Jr, Denny's, KFC, Jack In The Box e outras lanchonetes de fast food.

Gus, Gui e o Mustang. Oh yeah.

Chewbacca, Gui, Homer e Gus.

Nicole Kidman e Charlize Theron. As estrelas.

Michael Jackson e Superman passeando pela calçada da fama.

John Travolta? Cansei ...

Shopping center em Hollywood.

O famoso letreiro.

Mestre Yoda na Universal Studios.

Hard as a rock !!!

Pagando pau.

E aí ??? Essa é a coisa certa a se fazer, não é?

Los tres hermanos ...

Perto do Convention Center em Long Beach.

A caminho do porto de Long Beach.

Hi. My name is Forrest Gump ...

Batendo um rango no restaurante Bubba Gump.

Entrada do aquário.

Galera pirando nos tubarões e arraias.

Esse aquário era monstruoso. Passar uma tarde lá é pouco.

Procurando Nemo? Achamos vários !!!

Cavalo marinho style.

Saindo fora de Long Beach ... estacionamento do Convention Center.

No sabadão, o dia da adrenalina ... Six Flags !!!

Galera mandando um energético. O JB foi até LA de trem pra nos encontrar e ticar o Six Fags.

Um parque só de montanhas-russas violentas.

Depois do Six Flags, foi só deixar o JB no metrô de noite, voltar pro hotel, arrumar as coisas e vazar no domingo cedinho. Mais 14 horas de avião rumo a esse país chamado Brasil.

End of the trip.



- Escrito por Ernesto às 15h14
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




The Ishii Brothers - San Diego Episode

Os irmãos Ishii saem de férias. E viajam a trabalho também. Então nada melhor do que conciliar as duas coisas. Nada melhor do que dar um rolê pela Califórnia. E nada melhor do que me levarem junto (yes!). O vôo é cruel. Guarulhos para New York e New York para Los Angeles. 14 horas naquelas poltronas apertadas e comida de avião. Pelo menos dá pra assistir uns filmes durante a viagem. E um deles foi "Little Miss Sunshine". Sensacional, todos deveriam ver.

O primeiro dia passamos em Los Angeles, pra dar um rolezinho por Santa Monica, Beverly Hills e Hollywood. Alugamos um carro e no dia seguinte partimos para San Diego para visitar o JB. Sim, mais uma vez. Cerca de 2 horas pela 5 South freeway.

Ocean Beach em San Diego. Paisagem clássica.

Um dos únicos surfistas corajosos. É inverno. O frio é intenso.

Posto de salva vidas em Dog Beach.

Galerinha jogando futebol americano de areia. Mais um surfer.

Tiozinho de barba estilosa.

Gui, Gus e JB. A máfia japonesa invade San Diego.

Gaivota no pier. Quero voar.

Pier de Ocean Beach.

A caminhada é longa.

Se liguem no moicano do JB. Crazy, dude.

Tcháka loura típica americana.

Gus pagando pau numa skate shop.

Bairro de Sunset Cliffs.

Pacific Beach. Isso me lembra o SOS Malibu.

Skate shop em Pacific Beach, a praia da badalação.

Parque de diversões.

Patriotismo americano por todos os cantos. God bless the USA.

Dando um look num skatepark público.

Lá os muleques mandam bem e têm estrutura pra treinar.

Gui e Gus ao pôr do sol no pier de Pacific Beach.

Tomando umas brejas no apê do JB e da Eliana.

San Diego é uma cidade cool. Bem tranquila, bem limpa, bem agradável. Tem várias praias, tem o centro comercial, tem os bairros estilosos, tem o Sea World, tem uma galera que sabe curtir, tem os mexicanos loucos, tem um monte de brasileiros, tem os restaurantes, tem os barzinhos, tem os skateparks, tem as smoke shops, tem o San Diego Chargers (time de football), tem uns parques legais, tem uns shoppings nervosos, é perto de Los Angeles e tem o RA Sushi, restaurante onde o JB trampa de sushi-chef e onde enchemos a pança.

Sim, San Diego é um bom lugar pra morar. O governador? Arnold Terminator. O presidente? George W. Bush. Fuck.



- Escrito por Ernesto às 09h22
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




BBB7

Eu confesso que assisti ao primeiro Big Brother Brasil que passou na Globo não sei quanto tempo atrás. Era uma febre, era o boom do momento. Confesso que assisti ao segundo também. Mas a partir do terceiro, desencanei dessa bosta. Enjoou. Era muita apelação sem o mínimo de conteúdo. A não ser as bundas, claro. Isso sim sempre foi e sempre será o conteúdo principal do programa. Confesso que sempre dei uma sapeada por todos os Big Brother até hoje, só pra dar uma sacada nas bundinhas das donzelas. Podia até deixar a TV no mudo pra não ouvir aquele monte de asneiras. Cacete, esses caras da Rede Globo sabem o que fazem. É muito apelativo. A audiência é estupenda. O país inteiro assiste isso todos os dias. Tem gente que até paga canal exclusivo de TV a cabo pra ter umas câmeras exclusivas. No banheiro. Câmera no banheiro? Dá pra assistir aquelas gostosas cagando e limpando a bunda? Genial. Até o mais santo dos santos dá uma "espiadinha", como diz o apresentador Pedro Bial.

Fábrica de celebridades. É isso que o programa tenta ser também. As moçoilas que lá se enfurnam já entram com contrato assinado na Playboy, na Sexy e etc. Muitas já trabalharam na televisão, já posaram para revistas masculinas, já possuem aquele famoso "QI" para entrar no mundo das celebridades. O BBB é só mais um empurrão para vender mais, de alguma forma. Algumas aparecem uns meses e desaparecem. Lógico. É o poder da mídia. Outras até se aventuram um pouco mais e se tornam apresentadoras, cantoras e atrizes. Todas uma bosta. Tudo bem vai, vamos dar uma chance ... vai que alguma tem talento de verdade. Como disse antes, esses caras da Globo sabem o que fazem.

...

Qual o nome do vencedor do primeiro Big Brother mesmo? E do segundo? Putz, não lembro nem quem venceu o último. Foda-se. O que vale agora é assistir ao sétimo. (Sim, já estamos no sétimo!). E torcer para aparecer mais bundas, mais cenas de sexo, mais brigas e picuinhas, mais festas, mais choro, mais futilidades invadindo o lar brasileiro. E torcer pra ver a Flávia toda peladinha, trocando de roupa em seu quarto, dando uns amassos com algum garanhão da casa ou mergulhando safada na piscina.

Vai, Flávia !!! Tira a roupa. É disso que o brasileiro gosta.



- Escrito por Ernesto às 08h43
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Year of a million dreams

Para sua nova campanha publicitária, a Disney decidiu torrar alguns milhões de dólares para contar com o endosso de celebridades como David Beckham, Beyoncé e Scarlett Johansson.
 
São três anúncios impressos que trazem o mesmo conceito: um lugar onde os sonhos se tornam realidade. A Disney colocou as celebridades para interpretar alguns de seus mais famosos personagens, num trabalho da famosa fotógrafa americana Annie Leibovitz, a mesma que clicou John Lennon nu e Yoko Ono para a capa da revista Rolling Stone em 1980, na manhã do dia em que o beatle foi assassinado.
 
Nas peças, Beckham encarnou o Príncipe Filipe, de "A Bela Adormecida", com o título "Where imagination saves the day." (Onde a imaginação salva o dia).
 
 
 
 
Scarlett Johansson se transformou na própria "Cinderela", com o título "Where every Cinderella story comes true." (Onde toda história de Cinderela vira realidade). Só a tiara que Scarlett usa nas fotos foi avaliada em 325 mil dólares.
 
 
 
 
E Beyoncé é "Alice No País Das Maravilhas", ao lado do ator Oliver Platt e do cantor Lyle Lovett, com o título: "Where wonderland is your destiny." (Onde o país das maravilhas é o seu destino).
 
 
 
 
O três doaram seu cachê para instituições beneficentes, e a campanha será veiculada nas edições de março das principais revistas norte-americanas, como Vogue, Vanity Fair, GQ, The New Yorker, entre outras.
 
Haverá ainda uma segunda etapa da campanha, onde Anne Leibovitz vai transformar outros três famosos em Peter Pan, Sininho e na sereia Ariel.
 
 
(Textos e imagens extraídos do blog Brainstorm#9.)


- Escrito por Ernesto às 14h24
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Forassis Brasília Headquarter

Alguns felizardos receberam dias atrás um comunicado sobre a criação de um email exclusivo forassis. Alguns já estão usando, outros estão viajando e não aproveitando tal privilégio. Para maiores informações sobre este novo serviço, entre em contato com a Forassis Design - Unidade São Bernardo e fale com o Fabrício Kina.

Mas este post é para comunicar que muitas novidades ainda estão por vir, como a criação do nosso novo website e dos tão aguardados vídeos forassis. Para isso contamos com uma nova filial da Forassis Corporation, a Brasília Headquarter. Dessa forma, introduzimos em nossa equipe profissionais de grande talento, como designers, produtores de web e vídeo, advogados, juízes e políticos influentes no governo para agilizarmos nossas ações, principalmente no Ministério de Cultura e no Ministério de Ciência e Tecnologia.

Para resolver qualquer problema, não fale com o presidente Lula. Ele não manda nada. Fale com o Hugo, nosso diretor da nova unidade.

Placa de sinalização na nova Unidade Brasília da Forassis Corporation.

É a Forassis desenvolvendo mais por você !!!



- Escrito por Ernesto às 11h22
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Free total

As baladinhas de praia continuam a todo vapor neste verão. Fim de semana retrasado a galerinha que estava à toa por aí colou na Casa da Barbie em Bertioga para uns dias de muito sol e calor. Foi praticamente praia e piscina 24 horas, com direito à chapação, gorozinhos, quitutes, churras non-stop e corpos desnudos.

E fazia tempo que não rolava, mas dessa vez rolou: free total na praia de noite. Um monte de machos correndo pelados pela areia e nadando no escuro, trocando proibidas e ingerindo fitoplânctons brilhantes pelo fiofó. Sensacional.

Os anfitriões tomando um sol.

Suze, Mily, Ishii e Márcio.

Eita vida mais ou menos.

Rave da louça.

Márcio de cu sujo esperando o papel higiênico.

Chico Cato, o fotógrafo oficial e objeto de desejo das minas.

Vizinha do Ishii caminhando sossegada pela praia.

A trupe: Ishii, Mily, Cato, Márcio, Suze, Epa e Karina.

É. Viagens assim de última hora sempre são legais.



- Escrito por Ernesto às 16h42
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Garopaba 2007 - Parte 3 de 3

Muito bem. Vocês viram as fotos da galera curtindo a virada do ano, curtindo a piscina na pousada, curtindo o sandboard no Siriu, a Sorvetão dando show de palhaçadas, o Livis de pau duro, a galera pagando de gatinhos no Zado, curtindo a balada de noite na Ferrugem, etc e tal. Até aí, beleza. Mas neste post vocês verão qual a verdadeira essência de Garopaba. O verdadeiro motivo da galera colar lá todo ano. O motivo de aloprar quem deu scorpion e não foi. Sintam o poder da bunda.

No jeito. Vale pelo conjunto.

Bonitinha, mas um pouco detonada. O biquini colorido faz o charme.

Meio caída e amassada.

Moreninha de sol no grau.

Pelo ângulo, parece durinha e bem bojolex.

Com jeito de gauchinha. Magrinha e firminha.

Hummmm ... duas montanhas.

Coraçãozinho. Parece bem firme.

Redondinha. Mas só a posição já valeu.

Carnuda.

Pequenininha e jeitosinha.

Essa também vale pelo conjunto e estilo.

Aff maria !!! Momento Praia Grande ...

E é isso aí galera. Quem foi, curtiu. Mais um ano a galera honrou as calças e invadiu as praias catarinenses em busca da balada perfeita. Que a história se repita por muitos e muitos anos. E já é dado o início da campanha Garopaba 2008. See ya.



- Escrito por Ernesto às 13h24
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________